fbpx

Vale da Capucha Fossil Tinto 2018

Vale da Capucha Fossil Tinto 2018, drenagem parcial e fermentação em tanques de cimento bruto. A vinícola é preenchida com uvas desengaçadas em 80% e 20% de uvas inteiras. Pequena fermentação extrativa e natural “Pisa-a-pé”. Aroma com frutas vermelhas sutis, vegetais, notas minerais reveladoras e defumado. Sabor elegante na boca, envolvendo a textura, revela frescura e boa aptidão para pratos leves.

 

13,70

Vale da Capucha Fossil Tinto 2018

Category

Descrição

Vale da Capucha Fossil Tinto 2018
Vinificação
Vale da Capucha Fossil Tinto 2018, drenagem parcial e fermentação em tanques de cimento bruto. A vinícola é preenchida com uvas desengaçadas em 80% e 20% de uvas inteiras. Pequena fermentação extrativa e natural “Pisa-a-pé” com leveduras indígenas. “Pigagem” diariamente durante a fermentação alcoólica e remontagem por balde. Nenhum produto exógeno foi adicionado à uva, exceto uma dose mínima de sulfitos. Estágio parcial de 6 meses em barris muito usados.

Aroma
Aroma com frutas vermelhas sutis, vegetais, notas minerais reveladoras e defumado

Sabor
Elegante na boca, envolvendo a textura, revela frescura e boa aptidão para pratos leves.

Vale da Capucha
Vale da Capucha, pertencente há várias gerações à família Marques, fica situada no Turcifal, na zona de Torres Vedras, a 8 km do mar, num solo argilo-calcário com grande quantidade de fosseis e num clima húmido, com temperaturas amenas, propícias aos vinhos brancos e a tintos delicados e frescos. O Pedro Marques, com o desassossego de quem gosta de criar, começou a replantar em 2006, quando assumiu a liderança da produção, que foi iniciado pelo seu bisâvo que na altura se tinha dedicado a variedades tintas produtivas e vendia o vinho a granel nas tascas da grande Lisboa.
Reduziram drasticamente a quantidade, privilegiando as castas brancas pelo clima atântico, plantando como base Fernão Pires e Arinto, completadas por Viosinho, Arinto, Gouveio, Antão Vaz e Alvarinho, e em tinto Touriga Nacional, Tinta Roriz, Castelão e Syrah. Para reforçar o carácter dos brancos de parcela, estes passam pelo menos 2 invernos em cubas permitindo colocar em garrafa um vinho mais realizado, com um bom casamento entre o volume de boca, a complexidade aromática e a acidez.
O Pedro Marques é um enólogo que soube libertar-se do excesso enológico porque antes de mais é um apaixonado de vinhos, com abertura e muita (capacidade de) prova. Rapidamente se deu conta da necessidade de trabalhar de modo mais natural e artesanal para fazer bons vinhos, observando e respeitando as características intrínsecas do seu terroir atlântico e calcário.

Informação adicional

Peso 1,4 kg
Produtor

Vale da Capucha

Região

Lisboa

Pais de Origem

Portugal

Casta

Syrah, Tita Roriz, Touriga-Nacional

Tipo de vinho

Vinho Tinto

Teor Alcoólico (º)

13º a 14º

Servir a

16ºC-18ºC

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Vale da Capucha Fossil Tinto 2018”

Crie um Pack à sua Medida

Bem -Vindo

Tem idade legal para consumir bebidas alcoólicas?

Precisa de Ajuda? Fale Connosco